terça-feira, 24 de maio de 2011

Estado


Greves, Greves e mais Greves!!!

Quem for viajar a Natal hoje e for depender de ônibus ao chegar lá, deve pensar duas vezes antes de ir. Mais uma categoria entrou em greve, dessa vez foram os motoristas e cobradores de ônibus que resolveram parar suas atividades em busca de um salário melhor. A greve teve início no dia de ontem e poucos ônibus circularam pela cidade, hoje a movimentação grevista deverá ser maior visto que além das classes dos professores, estão também em greve a Polícia Civil, Detran e Tributação. Além disso, os médicos lotados na Secretaria Estadual de Saúde (Sesap) reafirmaram que o indicativo de greve a partir de 1º de maio está mantido.  Amanhã, entidades da administração indireta realizam manifestação ao lado do Machadinho, e prometem entrar em greve se não receberem proposta do Governo do Estado. Os policiais militares enviaram uma nota ao Governo Estadual, na tarde de ontem, na qual solicitam o cumprimento de três pontos reivindicados pela categoria. As reivindicações são as seguintes: aprovação do novo Estatuto dos Militares Estaduais, a criação do Código de Ética e do subsídio financeiro.

Posição do governo

A assessoria de imprensa do Governo Estadual reiterou que o posicionamento defendido pelo secretário chefe do Gabinete Civil Estadual, Paulo de Tasso Fernandes, desde que as greves se iniciaram permanece inalterado. O Executivo Estadual só negociará com os servidores quando as  paralisações acabarem e o serviço for retomado em todos os setores.