quarta-feira, 15 de junho de 2011

Campanha


Campanha pelo desarmamento será lançada oficialmente no RN

A campanha pelo desarmamento foi lançada oficialmente no Brasil no dia 6 de maio, um mês após a tragédia do Realengo no Rio de Janeiro, quando o jovem Wellington Menezes de Oliveira, de 23 anos, invadiu a Escola Municipal Tasso da Silveira armado com dois revolveres, e começou a disparar contra os alunos presentes, matando doze deles, com idade entre 12 e 14 anos.
No Rio Grande do Norte a campanha será lançada oficialmente hoje quarta-feira, dia 15, em Audiência Pública que será realizada na Assembleia Legislativa, às 9h30, no Salão de Eventos Deputado Álvaro Dias, atendendo a propositura do deputado Antônio Jácome (PMN).
A Campanha Nacional do Desarmamento 2011 tem como objetivo mobilizar a sociedade brasileira para retirar de circulação o maior número de armas de fogo possível e contribuir para a redução da violência no País.
As armas de fogo pequenas e leves são responsáveis pela morte de 600 mil pessoas todos os anos no mundo. No Brasil, as armas de fogo matam mais do que doenças respiratórias, cardiovasculares, câncer, aids e acidentes de trânsito.
Segundo pesquisa realizada pelo Viva Rio/ Iser, cerca de 90% das armas no país, ou seja, 15 milhões de armas, estão nas mãos da sociedade civil e não do Estado. Dessas 15 milhões de armas, 50% são ilegais.