quinta-feira, 9 de junho de 2011

Futebol


Vasco! Até que enfim Campeão!

Foram oito anos, dois meses e 18 dias de uma angustiante espera. A conquista do Campeonato Carioca em 23 de março de 2003 tinha sido a última do Vasco em competições no grupo de elite. Tão logo o árbitro Sálvio Spinola ergueu os braços no lotado Couto Pereira, na gélida noite desta quarta-feira, depois de sofrimento intenso nos 90 minutos, a imensa torcida cruz-maltina era "bem feliz, norte e sul, norte e sul deste país", conforme o hino do genial Lamartine Babo. O frio de 10 graus no palco da decisão já não importava mais: o calor da festa aqueceu dentro e fora do estádio. A Copa do Brasil 2011 tem como dono, pela primeira vez, clube cujo nome é de navegante português, mas que marca a fase do atual Trem-Bala. Num jogo sensacional, nunca uma derrota foi tão comemorada: os 3 a 2 sofridos diante do Coritiba, que como o Vasco se refez após o inferno de um ano pela Série B, repete uma sina de conquistas longe de São Januário que começou com o Expresso da Vitória, em 1948.


São Paulo é Líder isolado do Brasileirão

O líder do Campeonato Brasileiro seria conhecido depois do apito final do árbitro Sandro Meira Ricci. Com a torcida a favor na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas, o Atlético-MG precisava de um empate diante do São Paulo para assumir a ponta, mas a sorte estava do lado do outro lado. Embora tenha pressionado bastante, principalmente no segundo tempo, o Galo parou nas mãos de Rogério Ceni e na sorte dos visitantes. Com um gol de Casemiro, ainda no primeiro tempo, o Tricolor Paulista venceu por 1 a 0, manteve os 100% de aproveitamento e chegou ao primeiro lugar com nove pontos, dois a mais que os rivais Corinthians e Palmeiras. A equipe atleticana ocupa a quarta colocação, com seis.
Fonte Globo.com