segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Brasil

 Cinegrafista morto no Rio

O cinegrafista da TV Bandeirantes Gelson Domingos da Silva, de 46 anos, foi morto na manha de ontem durante operação do Batalhão de Operações Especiais (Bope) na Favela de Antares, na Zona Oeste do Rio de Janeiro. Cerca de 80 homens do Bope e agentes do Batalhão de Polícia de Choque participam da operação contra o tráfico de drogas. Suspeita-se que o cinegrafista tenha filmado o homem que o atingiu.
Durante intenso tiroteio, Gelson foi baleado no tórax. Ele foi levado para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Santa Cruz, mas não resistiu aos ferimentos. Pouco depois das 9h, a Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro informou que o secretário de Saúde, Sérgio Côrtes, se dirigiu à UPA para prestar solidariedade à família.